quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Dieta

Sou farmacêutico e, como farmacêutico eu uso suplementos. Mas leio muitos artigos publicados sobre dietas e vou dar minha posição com referencia a suplementos e dietas. O ideal seria que nós apenas tivessemos os alimentos como fontes de nutrientes, todos, tanto calorias como vitaminas, minerais e fitoquimicos. Ocorre que não conseguimos isso, principalmente quando estamos com distúrbios metabólicos. Inumeros fatores interferem para que tenhamos uma dieta ideal, mas podemos ter uma dieta próxima ao ideal e complementar. Talvez tenhamos que mudar o conceito de suplemento para complemento. Eu defendo a idéia de que, no futuro, de posse de informações como nutrigenômica, farmacogenômica e composição de alimentos, no futuro todos tenhamos que complementar a dieta, uma dieta personalizada. Vamos ver um exemplo, eu sou hipertenso.. daí minha dieta deve ser uma dieta especial, rica em flavonóides, polifenóis, magnésio, potássio, vitamina D, vitamina K, omega-3. Para dizer o minimo. Mas a minha dieta protéica deve ter arginina ou bcaa para que eu faça arginina no meu corpo a partir do ceto-glutarato. Mas fibras solúveis também serão interessantes, fitoquímicos como alho, baixar colesterol ou mantê-lo sobre controle estrito, controle de peso com alimentos sacietogênicos, nunca devo ter insuficiência de ácido fólico. Bem, isso é parte da dieta que talvez deva ser complementada, talvez com ácido fólico, vitamina K, etc. Vejo em alguns casos uma descaracterização de valores. A dieta é mais importante que o suplemento (complemento), o suplemento deve apenas complementar a dieta e completar o procedimento. Dou aula sobre suplementos alimentares mas não defendo o uso destes isoladamente e indiscriminadamente, eles são ótimos quando associados a uma dieta ótima. Vejo também "receitas" de suplementos imensas... sou contra. Quem dá muita coisa não sabe o que faz.. eu sempre defendi que o tamanho da receita é inversamente proporcional a competência de quem prescreve. Lógico que há exceções, principalmente pacientes idosos com múltiplas doenças, mas vejo o mesmo com suplementos. Rogo a vocês, trabalhem a dieta do paciente, complemento com o suplemento. Só isso. Não façam do suplemento o alimento do indivíduo. Estudem os novos artigos sobre dietas, são excelentes, há estudos de dietas para inumeras patologias focando em compostos bioativos nos alimentos.

Nenhum comentário:

Health.com - Health and Medical Information