quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Glutamato

A neurotransmissão glutamatérgica em receptores tipo NMDA é uma neurotransmissão excitatória e as vezes associada a disturbios de comportamento em doenças neurológicas e psiquiátricas. A neurotransmissão glutamatérgica em excesso é associado a agressão, irritabilidade. Em algumas doenças é associada a neurodegeneração. Este tipo de neurotransmissão é uma neurotransmissão que abre canais de cálcio para propagar a despolarização. Entrada de cálcio por abertura de canais de glutamato. Bem, o cálcio pode ser parcialmente bloqueado por magnésio. Daí o magnésio pode mostrar efeitos ansioliticos por este mecanismo e isso é observado em estudos de suplementação de magnésio. Bem, outra forma é a glicina que é um coefetor. O receptor de glutamato tem dois coefetores, um é a d-serina e o outro é a glicina, só que a glicina tem um efeito menor, daí quando colocamos mais glicina o efeito acaba sendo inibitório. Os estudos clínicos mostram que realmente isso ocorre, a glicina tem efeito ansiolítico. Um modulador de canal de cálcio é o omega-3, isso foi estudado em função de dados mostrando que o uso de omega-3 era associado com uma prevalencia menor de homicidios na população, também um efeito no glutamato. Além disso o omega-3 também tem, pelo menos em animais, aumentado a produção de serotonina, que tem um efeito inibidor da agressividade, somando tudo o resultado são pacientes menos agressivos, menos ansiosos.

Nenhum comentário:

Health.com - Health and Medical Information