quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Linha tênue

Bem, não sei se me tornarei repetitivo, mas insisto sempre em falar sobre a falsa segurança de alguns suplementos. A linha divisória entre um suplemento e um tóxico é quase tão estreita quanto a de um medicamento e um tóxico. Vamos começar com o selênio que quase todos acham que os pacientes precisam usar. Na verdade o solo é a real fonte de selênio para nosso corpo, por intermédio das plantas. Se vivemos numa área onde o solo é rico em selênio, teremos selênio em nosso corpo, talvez em excesso. Há muito os pesquisadores comentam que nos EUA onde o solo é o solo tido como o mais rico em selênio no planeta e na Tailândia onde o solo é o mais pobre, a prevalência de câncer de mama é semelhante. Há também os dados de selenio aumentando risco de câncer de pulmão, diminuindo de câncer de próstata, mas uma verdade é concreta. Deficiência de selênio causa hipotiroidismo e excesso de selênio causa hipotiroidismo. O ferro é outro bem conhecido, metal de transição, cataliza reação de Fenton e gera radical hidroxila a partir de peróxido de hidrogênio e então o ferro em excesso é altamente tóxico e associado a doença cardíaca e diabetes. A deficiência também é problemática, diminuição de atividade de enzimas oxidativas, baixa de metabolismo aeróbico, diminuição no nível de neurotransmissores. O cálcio é outro exemplo interessante, falta de cálcio dá sintomas semelhantes a depressão, por sua participação no metabolismo neuronal. Fraqueza muscular é também parte da deficiência de cálcio. O excesso de cálcio é preocupante em algumas populações, como por exemplo a mulher pós menopausa. O cálcio ionizado tende a depositar em sítios ectópicos, daí o excesso de cálcio em desequilíbrio com fatores calciotróficos leva a, por exemplo, calcificação de placas ateroscleróticas. Arginina em excesso como suplemento pode desencadear ataques mais frequentes de herpes labial. Triptofano em excesso ou em desequilíbrio pode aumentar a neurotransmissão glutamatérgica via formação de ácido quinolínico, ou o próprio glutamato, que por sí é um neurotransmissor, mas também é precursor de GABA. O organismo é complexo e lindo.

Nenhum comentário:

Health.com - Health and Medical Information