sábado, 22 de novembro de 2008

Cheiros

Hoje foi interessante. Jantei com um amigo que é especialista em óleos essenciais. Bem, apenas para reviver os fatos anteriores. Ando estudando muito os óleos essenciais, acredito que serão muito úteis no futuro próximo para o tratamento de inúmeras patologias. Há estudos em animais e humanos mostrando a aplicação de alguns óleos essenciais e terpenos especificamente, monstrando inclusive modo de ação. Vamos pegar por exemplo o óleo de Salvia officinalis, de origem européia, que após inhalado mostrou melhora de memória nos pacientes idosos, e mais, mostrou melhora de humor em pacientes. Os efeitos podem estar associados ou não. A Lavanda e o Citrus aurantium mostraram ter efeitos calmantes nas populações que inhalaram o óleo essencial, mesmo a concentrações muito pequenas, dados indicam para estudo calmantes, por exemplo 5omcL. Há também os que teriam efeito analgésico, imaginem um óleo essencial analgésico (falta mas poderá ser identificado no futuro) onde voce inhala o mesmo e praticamente imediatamente melhora de uma enxaqueca ou de uma cefaléia. Há sim estas possibilidades. Hoje ficamos com os já estudados, até mesmo alguns anti-estresses, e o linalol, presente em várias plantas como o pau rosa ou o majericão doce, todos podem ter efeitos anti-estresse e calmante para uso em humanos no presente.

Nenhum comentário:

Health.com - Health and Medical Information