terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Dia 13 de dezembro

Dia 13 de dezembro houve o evento para arrecadação de cestas para população carente. Iniciativa de um amigo. Arrecadamos 80 cestas, mas ainda estamos recebendo doaçoes. As aulas foram todas excelentes. Particularmente vou comentar uma aqui, a do meu amigo Yamada. Ele é agrônomo e é especialista em nutrição de plantas. Eu converso muito com o Yamada sobre nutrição humana, ele adora o tema. Bem, a aula dele centrou em alguns dados sobre a agricultura moderna. Na agricultura moderna de grandes áreas, geralmente é usado o plantio direto, que usa herbicidas, os glifosados, que quelam niquel na planta e diminui a disponibilidade deste para o metabolismo da planta. A grosso modo, os macronutrientes não são muito afetados, mas a síntese de derivados metabólicos da cadeia do ácido chiquimico são alterados, ou seja, fenilalanina, triptofano, tirosina e fitoalexinas. Imagine que a proteina de uma planta cultivada desta forma pode ter menos destes aminoacidos formadores de neurotransmissores. Imagine também que fitoalexinas são polifenóis, flavonóides, isoflavonas, flavonols e estilbenos (resverarol). Ou seja, a planta cultivada desta forma produz menos antioxidantes. E não é só isso, produzirá menos terpenóis e produtos derivados secundários do nitrogenio. Terpenóis são os óleos essenciais, e produtos derivados secundários do nitrogenio podem ser os alcalóides ou mesmo os glucosinolatos e isotiocianatos, ou o indol 3 carbinol. Todos estes elementos essenciais a saúde humana, não ao crescimento, mas a manutenção da saúde, veja o indol 3 carbinol, que é um quimiopreventivo de cancer. Ou glucosinolatos que estimulan a produção de glutationa no fígado, sendo um antioxidante indireto. Ou flavonóides que tem atividade antioxidante, melhoram produção de óxido nitrico. Todos elementos importantíssimos a nossa saúde. Além disso o Yamada mostrou também dados que contradizem os nutricionistas clássicos, ou seja, pelo menos no tocante a minerais e oligoelementos, não encontraremos tudo nas plantas. Vamos pegar o zinco. Trigo plantado em solo rico em zinco terá mais zinco que trigo plantado em solo pobre em zinco. Isso é verdadeiro para outros minerais, porém há coisas piores. O selênio por exemplo não é essencial diretamente para a planta, ele é essencial apenas na rizosfera, ou seja, na área que circunda a raiz, para assimilação de nitrogenio, mas a planta não precisa ter selenio na sua estrutura, pois não há papel essencial para o mesmo. Ele só estará presente na planta se o solo for rico em selenio e ele for assimilado no lugar do enxofre, é mais ou menos como se fosse uma coincidencia a planta ter selenio, precisa coincidir do solo ser rico em selenio e da planta ter acúmulo de enxofre na sua estrutura. Por isso e outros eu sempre falo que não dá para ter uma dieta ótima hoje em dia.

Nenhum comentário:

Health.com - Health and Medical Information