quinta-feira, 14 de maio de 2009

Ainda glutationa

Bem, continuando a falar sobre glutationa. Detoxificações em geral de moléculas nucleofílicas tem a participação da glutationa e isso é importante. Agora vamos imaginar que nós façamos a indução de produção de GSH em grande escala, dando doses altas de N-acetilcisteína e taurina. A soma de ambos induzirá a produção de GSH. A célula aumentará sua capacidade de detoxificação, o que poderá ser bom por exemplo num paciente que consome muito álcool ou num paciente intoxicado por organofosforado. Imaginem isso num paciente sob quimioterapia por exemplo com doxorrubicina. A célula terá uma capacidade maior de exportar a doxorrubicina para fora dela, ou seja, diminuiria o efeito do tratamento pois a doxorrubicina atua no interior da célula. Imaginem então que esta célula tem polimorfismo para GST e recebe doxorrubicina em quimioterapia, a conecção da doxorrubicina com a GSH seria baixa, daí eu teria acúmulo de doxorrubicina na célula por incapacidade de catalisar a reação via enzimática. Imagine agora esta célula com permeação da membrana aumentada por conta de uma elevada concentração de omega-3 na membrana, o acúmulo seria maior e o efeito da droga seria maior. Imaginem voces o efeito da GSH no fator indutível por hipoxia, que leva a célula neoplásica a consumir mais nutrientes por gerar sinalizantes que interpretam que a célula está trabalhando sob glicólise anaeróbia e produz menos ATP a partir de nutrientes, daí a GSH inibindo HIF diminuiria a captação de nutrientes pela célula neoplasica, levando ela a se comportar de forma mais normal possível do ponto de vista captação de nutrientes. Bem, a GSH inibe HIF. Agora imaginem se sua célula neoplásica não tem polimorfismo para GST, daí voce estaria, aumentando GSH, aumentando a detoxificação contra doxorrubicina, isso seria problemático. Dar ou não tratamento antioxidante é uma dúvida que todos tem, mas que dá para sanar, administrar tratamento antioxidante a pacientes com câncer deve ser precedido de analise do tipo de cancer e perfil bioquimico da mesma. Muito simples.

Nenhum comentário:

Health.com - Health and Medical Information